Ensaios Potiguares de Fotografia - Vaqueiros Tradicionais do Seridó

 Quando eu colo um release...
porque este é muito bem escrito:
Fragmentos de uma Tradição
O coletivo Byreçá Foto Potiguar apresenta no Solar Bela Vista, Natal/RN, de 09 a 25 de agosto (mês da fotografia), fragmentos do primeiro projeto da série Ensaios Potiguares de Fotografia, intitulado Vaqueiros Tradicionais do Seridó.
Os fotógrafos Alex Fernandes e Pablo Pinheiro mergulharam durante cerca de um ano, entre idas e vindas, em pesquisas, vivências, ensaios; convivendo e captando o cotidiano dos tradicionais vaqueiros do Seridó, representados nesta mostra pelo município de Acari.   A região do Seridó foi escolhida em função de sua natureza com uma flora e fauna típicas, com singularidades construídas nesse cenário onde o vaqueiro torna-se majestoso sem nenhuma imposição, simplesmente porque o é... Além da importância do trajeto econômico da pecuária na história do Rio Grande do Norte. 


 Agregado a estes valores encontra-se a forte presença icônica de toda a tradição vaqueira que vai desde a vestimenta, os instrumentos, o modo de olhar, de se mover, a cantiga (o aboio), o cavalo, o gado, as heranças culturais e de trabalho, como a apartação, os derrubadores, arrebanho e outros.




A importância deste ensaio sobre os Vaqueiros Tradicionais do Seridó está não só no registro fotográfico, mas na paixão pelo assunto, que apesar de envolver um tesouro nacional, de riqueza inestimável, não parece ter o crédito e o espaço que por certo mereceria na mídia, na vida acadêmica.
Parte desta lacuna deve-se, por certo, à escassez de registros e de catalogação de qualidade das mais diversas expressões autênticas regionais do interior brasileiro, integrando uma imensa variedade de técnicas, instrumentos, destes verdadeiros cavalheiros que atuam, muitas vezes de acordo com tradições transmitidas através de diversas gerações, em contextos culturais, sociais e econômicos muito adversos.











As fotos desta exposição são apenas um fragmento do material que o coletivo está registrando e manifestam um grito de existência de quem somos, da terra que construímos, das influências diretas ou indiretas do que hoje nos embala como a construção de uma contemporaneidade. O cenário da exposição também foi pensado
no sentido de aumentar essa percepção possibilitando que o público adentre no espaço com total propriedade do campo proposto entre a representação e a realidade, mas cientes que nosso corpo coletivo é escrito com muitas singularidades.
A mostra tem curadoria de Ricardo Junqueira.
    
Contatos:
Local: Solar Bela Vista - 
Av. Junqueira Aires, 417 - 
Cidade Alta - Natal / RN

De 09 a 25 de agosto de 2011
De 8hs às 12hs e 14hs às 18hs.

Alex Fernandes 9991-8762 / 8885-0997 contato@alexfernandes.com.br
Pablo Pinheiro 9999-9111 
contato@pablopinheiro.com.br

Um comentário:

  1. Foi tudo tao lindo!!! Alex e definitivamente um genio... Me emocionei com as imagens!!!!

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...